receba dicas e notícias
sobre vendas e negócios.

 

Você já se deu conta de que sua vida e sua performance não mudam em nada quando você só fica na fase da reclamação?

A coisa mais comum é atribuir todas as causas de acontecimentos errados às outras pessoas ou aspectos externos, como por exemplo: trabalho, situação financeira, família, pais ou filhos, companheiro ou companheira, crise… Mas no fundo, nada disto tem importância em nossos resultados ou na nossa felicidade, principalmente se você trocar a reclamação por atitude para se atrever a mudar o que tem que ser mudado. E essa mudança começa obrigatoriamente por você e por seus atos.

A reclamação para você pode ser algo mais cômodo e te trazer um alívio ao empurrar para os outros ou para fatores externos os problemas que estão te acompanhando, e isto é um vício da nossa mente que cria este padrão de desculpas que, como resultado, só nos traz prejuízo para a saúde mental e não resolve absolutamente nada.

Você acaba criando um mundo fora da realidade que não contribui em nada para o que precisa ser resolvido e lhe rouba o foco da causa do problema, criando um modelo de percepção do cérebro que muda a forma da realidade, fazendo você reproduzir este padrão de reclamar de tudo e de todos numa forma negativa de pensamento. Conforme a Lei da Atração, quanto mais coisas negativas você pensa, mais coisas negativas você atrai para sua vida.

Tenho certeza que você conhece não uma, mas várias pessoas que passam o tempo todo reclamando de tudo o que acontece num ciclo sem fim e claramente se tornam pessoas amargas, o que não gostaríamos de nos tornar.

Nós só temos um ciclo de passagem por esta vida, a decisão de como iremos viver é um livre arbítrio exclusivamente nosso. Como você prefere viver? Reclamando o tempo todo, sempre que algo dá errado? Ou usar os percalços da vida para amadurecer, aprender, evoluir e criar um bem-estar que irá garantir o seu sucesso futuro?

Basta notar que para a maioria das pessoas normais, o fato de caminharem com suas próprias pernas já é motivo de comemoração se comparadas com pessoas deficientes ou amputadas que não têm esse privilégio. E conheço mais pessoas normais que reclamam do que os ditos deficientes que escolheram a superação como uma nova forma de enxergar a vida.

Você perdeu seu emprego? Com certeza, inconscientemente, você passe a se influenciar e acreditar que a culpa foi do seu chefe, de seus colegas ou do mercado ou alguém que “te puxou o tapete”, mas pense bem… A empresa foi fechada ou pessoas da sua equipe continuaram trabalhando lá? Será que a demissão não foi provocada por algum comportamento ou desempenho seu? O que você pode aprender com isso? Como no seu próximo emprego você pode evitar este padrão?

Sua vida conjugal já não é a mesma? Você acha que a convivência com seu(ua) companheiro(a) ficou insuportável? Mas ele(a) não é a mesma pessoa que você escolheu como parceiro(a)? O que você pode fazer para a convivência voltar a ser como era? Ou melhorar?

Sua saúde já não é a mesma? Você está fazendo alguma coisa para cuidar da sua saúde?

Como podemos fazer para “ensinar” nosso cérebro a trocar pensamentos negativos de reclamações para pensamentos positivos de oportunidades?

receba dicas e notícias
sobre vendas e negócios.

Mantenha-se alerta

Na nossa vida rotineira acabamos baixando a guarda e desligamos nosso alerta mental, colocando a vida no modo automático, sem ao menos avaliarmos como está indo o nosso comportamento. Quando nos acomodamos no nosso modo de viver, deixamos de cultivar nossos relacionamentos, nossos empregos, até mesmo nossos hobbies. Esses hábitos criam uma resistência em fazer diferente e nos impedem de evoluir.

Procure tirar um tempo para você durante o dia para observar como anda seu comportamento, seus pensamentos, seus objetivos pessoais e profissionais. Faça uma análise de suas forças e fraquezas, através de testes comportamentais, terapia, coaching, observando e seguindo mentores de sucesso que te inspiram, amigos e colegas de trabalho que você considera que tenham sucesso pessoal, que podem lhe dar um feedback diferente do que você consegue analisar de sua vida.

Não se coloque como um mártir

Quando acontecem situações negativas não esperadas em sua vida ou no resultado do seu trabalho, isto provavelmente desencadeará um instinto natural de defesa, pois ninguém gosta de se sentir errado ou fracassado. Quando isso acontece, imediatamente nossa mente nos leva a buscar quem ou o quê foi culpado por este resultado. É nesse momento que temos que agir contra este pensamento do nosso subconsciente e buscar analisar o que ocorreu, porque, além deste pensamento não resolver nada, ele prejudica seu crescimento pessoal e profissional.

Lembre-se de que pessoas de sucesso tiveram inúmeros fracassos na vida. E foi através destes fracassos que puderam aprender a como evitá-los numa nova tentativa, até chegar ao resultado esperado. Esta é a grande diferença entre pessoas de sucesso e pessoas que justificam seus fracassos.

Erre, mas o mais importante: aprenda com seus erros, assuma-os para si, realize novas tentativas evitando os erros iniciais, até que você consiga resolver os problemas e alcançar seu objetivo.

Tenha atividades que você adore realizá-las

Uma das frases de caminhão que mais me marcou foi: “Não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho”. A perfeição não existe, ninguém ou nenhuma atividade é perfeita, mas procure observar o que há de bom em tudo que você realiza ou participa. Você deve ter hábitos que você ama realizar, como por exemplo, praticar aquele esporte que você sempre teve vontade, aquele jogo de videogame ou série que você sempre quis terminar, cozinhar para amigos, fazer sua própria cerveja, viajar para onde quiser, enfim inúmeras atividades que te trazem prazer. De tempos em tempos, você precisa distrair sua mente de pensamentos negativos e inundá-la de situações prazerosas.

Faça meditação

A meditação nos é ensinada desde que a humanidade existe. Milênios de anos atrás os povos já praticavam a meditação como forma de organizar e planejar seus atos e suas vidas.

É uma excelente ferramenta para acabar com o stress e induzir nossa mente para um estado de pensamentos positivos, alterando o funcionamento de algumas áreas do cérebro.

A meditação leva a um aumento do nível de endorfina (hormônio ligado a felicidade), diminuição do ritmo cardíaco, colocando-nos num estado de relaxamento, redução da ansiedade, combate à insônia, etc.

Tire uns momentos da sua rotina para meditar, fique numa posição confortável, longe de barulhos externos e comece a induzir sua mente com pensamentos positivos, lugares paradisíacos, sensação de objetivo alcançado, de felicidade. Nossa mente não consegue diferenciar o que idealizamos, se é real ou virtual, e entende que aquilo está realmente acontecendo, fazendo nosso corpo reagir positivamente a estes pensamentos.

Mude sua vida

Mude seu comportamento, enfrente o inesperado, siga em frente sem medos, reclamar sem ter uma ação não irá mudar em nada sua vida e seus resultados. Não está tendo a vida ou os resultados que você espera? MUDE!

Comece mudando aos poucos, não precisa ser radical, mude devagar sua rotina, trace seus objetivos e os tenha sempre em mente, sem perder o foco. Trace um plano de ação para começar e verifique sempre como estão indo seus resultados. Caso não esteja conseguindo os resultados esperados, MUDE de novo e recomece.

Você irá notar que aos poucos seus resultados e sua vida estarão mudando para outro patamar. Assim como subir no alto de uma pirâmide, você tem que começar com um degrau por vez e, quando menos esperar, você chegará ao topo.

Para o ser humano comum, o mais fácil é reclamar o tempo todo, mas para seres humanos especiais e vencedores, o que eles fazem com os problemas que aparecem é que os diferencia. Comece a estudar seu problema e procure encontrar uma solução, ou um aprendizado para que ele não se repita e você não entre no círculo vicioso de sair de um problema e já entrar em outro.

Aprenda com seus erros e fracassos. Quanto mais resilientes formos na busca de nossos objetivos, mais sucesso teremos na vida particular ou profissional.

Paulo Torrezan

Engenheiro, palestrante e consultor de empresas. Possui mais de 36 anos de experiência em vendas, desenvolvimento de negócios, gestão de equipes, planejamento estratégico de vendas, planejamento comercial. Orienta equipes de vendas para o atingimento de metas, conquista e fidelização de clientes.
Especialista em Gestão Estratégica e Inovação, pela Copenhagen Business School (Dinamarca) e em Negociação pela University of Michigan (EUA).

receba dicas e notícias
sobre vendas e negócios.

Blog

Como fazer um Plano Estratégico de Vendas

Como fazer um Plano Estratégico de Vendas

Apresento uma maneira simplificada de elaborar um plano estratégico de vendas, de aplicação rápida e obtenção de resultados superiores, para elevar seu desempenho em vendas a um novo patamar! Antes de iniciarmos de fato um plano estratégico, são necessários alguns...

Como agendar reuniões com sucesso

Como agendar reuniões com sucesso

Agendar uma reunião com uma pessoa-chave de um cliente, marcar uma visita para apresentar seu portfólio de produtos ou serviços a um tomador de decisão de uma empresa, é parte fundamental do trabalho de todo vendedor. Neste artigo, separei algumas dicas que irão...

O Vendedor

O Vendedor

Quando pedimos para as pessoas definirem o que é um vendedor, a maioria provavelmente dirá: o inconveniente, o chato, aquele que quer “empurrar” alguma coisa que não precisamos, aquele que não deu certo em nada na vida e resolveu tentar a carreira em vendas....